quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Seversk, uma cidade proibida

Olá a você! Hoje um post sobre uma cidade que fica perto de Tomsk (mais ou menos 40 km) e é como muitas pessoas veem a Rússia: com um grande poder e muito misteriosa. Falo de Seversk (Северск), uma pequena cidade na Sibéria.

Indústria química (nuclear) de Seversk
Por que Seversk é uma cidade proibida? A explicação é que, para adentrar a cidade você necessita de um cartão especial fornecido pela polícia local. E como conseguir esse cartão? Primeiro você precisa conhecer alguém que more lá. Essa pessoa vai à polícia e faz um pedido de autorização para que você possa entrar na cidade (uma única vez). A polícia analisa o assunto e mais ou menos depois de um mês te respondem se você pode ou não visitar Seversk. Nem sempre eles autorizam, muitas vezes negam pedidos. Se você é um estrangeiro, provavelmente não vai ganhar essa autorização. Estou aguardando a minha permissão até hoje...

Mas, tudo isso por quê? Seversk é uma cidade estratégica para o país. É a sede de Сибирский химический завод (Indústria Química Siberiana). Há muito segredo e ninguém sabe exatamente o que acontece lá, exceto as pessoas que trabalham na fábrica, mas elas não podem falar sobre isso eu acho. Nessa foto abaixo, por exemplo, está escrito que Seversk é um distrito fechado com entrada restrita apenas para quem tem permissão especial para isso (esse é o significado desse зато).

Indo para Sevesrk. Se não tem cartão, não perca tempo indo lá
Afora toda essa coisa não existe muita coisa para ver na cidade. É como uma pequena cidade típica da Rússia. Tem cerca de 100 mil habitantes e tudo no local gira em torno do que ocorre na fábrica. Pessoas moram lá por causa dela, os comércios servem para abastecer esses trabalhadores etc. Segundo uma aluna da minha esposa que mora nessa cidade, radiação exala dessa tal fábrica e o vento a leva. O mais curioso é que Tomsk sofre mais com esse vento radioativo que a própria Seversk. As correntes eólicas levam esse ar poluído para o sul, o lado onde fica Tomsk, não para Seversk. Algo estranho e que não gostei nem um pouquinho de ficar sabendo.

Apesar de todo esse mistério e burocracia, Seversk é uma cidade bastante comum. Ela até tem um zoológico, coisa que Tomsk não tem. Muitos de seus habitantes vêm estudar e alguns trabalhar em Tomsk. Como todas as cidades russas, ela também tem a sua praça do Lênin e lá está a estátua do líder soviético, eternamente apontando o caminho a seguir. À propósito, essa é uma das maiores estátuas dele em todo o país, com mais ou menos 20 metros de altura.

Vista aérea da cidade
Um último fato curioso sobre Seversk é que, ao menos minha esposa e eu, não conseguimos visualizar o lugar nem usando o Google Maps nem o Yandex Maps. Ainda falta olhar pelo Bing, mas pessoalmente não confio muito nesse serviço. Quando tentávamos colocar o bonequinho sobre o mapa da cidade, eram mostradas ruas e lugares de Tomsk, não de Seversk. Achamos bastante estranho isso e vamos continuar tentando encontrar imagens dela. Se conseguirmos, avisamos. Se vocês conseguirem, me digam como fizeram isso, porque nós não tivemos êxito.

É isso pessoal. Se quiserem saber algo sobre esse lugar, podem perguntar aqui embaixo que eu vou buscar informações sobre ele. Não sei se vou conseguir, mas ao menos vou me empenhar em descobrir algo, ok? Até a próxima!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.