quarta-feira, 29 de abril de 2015

As atrações de Barnaul

Olá amigos! Hoje um artigo com um formato um pouco diferente: um resumo rápido de como chegar a outras atrações de uma cidade, normalmente vistas no trânsito entre uma atração e outra..

Visitamos uma cidade na região do Altai, no sul da Sibéria, chamada Barnaul durante as férias. Já escrevi sobre algumas atrações dela, especialmente o Museu Mundo das Pedras. Mas há outros monumentos que você pode encontrar pelo caminho, enquanto se desloca pela cidade. Ela possui alguns bem interessantes. Vou colocar endereços deles aqui para vocês também visitarem quando estiverem na região. Primeiro o nome e o endereço em português, com uma breve explicação de como chegar. Depois o nome e o endereço em russo (com uma transliteração), que é como você verá na rua ou pedirá informação a alguém. Começo com as atrações mais próximas  da ferrovia/rodoviária, já que é provavelmente assim que você chegará a cidade.

Monumento em frente a estação ferroviária e rodoviária
Memorial da Segunda Guerra Mundial

Ploschad Pobedy, bem em frente a estação/rodoviária de Barnaul.

Um ótimo lugar para um passeio quando você acaba de chegar em Barnaul. O complexo consiste de uma praça com um grande memorial, uma estatua e um obelisco. O memorial é muito bonito a noite, como ele tem fogos eternos. E perto da estatua de uma mulher e um soldado vimos uma cerimônia militar numa das manhãs.
Площадь Победы
_________________________________________________________________________________
E o tanque é de verdade
Monumento ao tanque T-34 (considerado o melhor tanque da Segunda Guerra Mundial)

Ploschad Pobedy, no cruzamento com a Prospekt Stroiteley

Saindo do grande memorial da Segunda Guerra, você encontra esse tanque em frente a um pequeno Shopping Center, que por sua vez está bem em frente a entrada da estação/rodoviária. É um tanque de verdade. Nos tempos da guerra a fabrica de Barnaul produzia essas máquinas.

Проспект Победы, Проспект Строителей
_________________________________________________________________________________
Viktor Tsoi com neve
Monumento a Viktor Tsoi

Prospekt Sotsialistitcheskiy, altura do 126

Saindo da estação/rodoviária, só seguir pela rua em frente a praça Pobedy que você chega até ele. Viktor Tsoi é um dos cantores muito famosos na Rússia. As músicas dele são sobre as mudanças que o país precisava (e ainda precisa) e outros assuntos provocadores ou filosóficos. O monumento foi construído graças ao um dos moradores da cidade que gostava da música dele.

Памятник Виктору Цою
Проспект Социалистический 126
_________________________________________________________________________________
Monumento em frente à universidade de Barnaul
Monumento Um Livro Aberto - para comemorar a amizade dos povos russo e armênio

Ploschad Sovietov, altura do numero 13

Um livro que contém os alfabetos dos dois povos. Localizado bem em frente à Universidade Estatal do Altai, primeira atração que você verá na Prospekt Lenina. Esse monumento mostra como os povos podem ver a mesma coisa de vários jeitos e ser diferentes, mas ter algo em comum.

Памятник Открытая Книга
Площадь Советов, 13
_________________________________________________________________________________
Pushkin em frente à farmácia
Monumento a Aleksader Pushkin

Prospekt Lenina, 64 

Na direção oposta ao livro está uma estátua do grande poeta da língua russa Aleksander Pushkin, em frente a uma farmácia. No escuro esse lugar parece um dos mais românticos da cidade graças as lâmpadas "antigas".


Памятник Александра Пушкина, 
Проспект Ленина, 64

_________________________________________________________________________________
E parece uma entrada de metrô mesmo
"Metrô" de Barnaul

Prospekt Lenina, altura do número 82-83

Cuidado! Esse metrô na verdade não existe. É apenas uma passagem subterrânea pela Avenida do Lênin. Mas como brincadeira dizem que é o metrô da cidade. O tal metrô tem um site e uma conta no twitter até, onde oferecem empregos, tem mapa da linha etc.

Метро Барнаула
Проспект Ленина, 82-83
_________________________________________________________________________________
Pena que o dia na foto estava tão cinza
Casa com pináculo

Prospekt Lenina, 82

Bem ao lado da "estação" de metrô fica o símbolo mais conhecido da cidade. Um prédio com um pináculo. É bem bonito para falar a verdade. Esse prédio foi construído nos tempos soviéticos para os funcionários importantes do partido e as pessoas envolvidas com cultura. Ele é bem diferente dos outros prédios de Barnaul.

Дом со шпилем
Проспект Ленина, 82
_________________________________________________________________________________
Esse foi inaugurado a pedido do presidente
Monumento ao migrante 

Cruzamento da prospekt Lenina com a prospekt Kalinina

Esse fica bem em frente a casa com pináculo. A foto acima, da casa, foi tirada em uma pequena praça onde fica esse monumento. A ideia do monumento pertence a Putin. Ele não gostou de ver que Barnaul, que foi desenvolvida graças aos esforços dos migrantes, não tinha nenhum tipo de memorial dedicado a eles.

Памятник Переселенцан
Проспект Ленина, Проспект Калинина
_________________________________________________________________________________
Marco zero ainda com motivos natalinos
Marco zero de Barnaul

Ploschad Veteranov

Ao chegar na Prospekt Lenina, você pode ir para a esquerda e ver as atrações acima ou, virando a direita, você encontra o Marco Zero e outras coisas, como os museus do artigo sobre Barnaul.

Площадь Ветеранов



_________________________________________________________________________________
Museu da região do Altai

Museu da região do Altai
Ulitsa Polzunova 46. Pegar o ônibus 17, 20, 35, 57, 60, 73, 80 e descer no ponto Ploschad Spartaka (Praça do Espartano) ou Gorodskoy sad (Jardim Municipal) 

Краеведческий музей
ул. Ползунова 46

Por enquanto é isso jovens. Espero que tenha gostado desse formato. Se quiserem saber algo mais sobre Barnaul, é só comentar aqui embaixo. Até a próxima!



4 comentários:

  1. Privet, grande Luciano!

    Outro excelente artigo. Mas (como sempre!) tenho perguntas e considerações....

    Considerações:

    Com relação ao T-34, li muito a respeito, até porque sou fascinado por história e pela Segunda Guerra Mundial. De fato, este blindado foi considerado - desde que apareceu no front leste em 1941 - o melhor tanque do mundo, nas opiniões dos generais alemães Von Kleist e Heinz Guderian.(este útilmo o "pai" da tática de "blitzkrieg"). O maior poder de fogo, velocidade e uma inovação tecnológica decisiva da época - todo a chassi e a blindagem em ângulo, e não em linha reta como nos tanques alemães - fizeram toda a diferença. Além da produção em massa, é claro.

    Perguntas:

    1 - Você mencionou uma fábrica de T-34 em Barnaul. Esta fábrica ainda existe? Se existe, alguma parte dela foi conservada como era na época(afinal, pelo que vejo, os russos prezam muito a sua história)?
    2 - Foi mencionado no seu artigo o museu do migrante. Presumo que sejam sobre os migrantes de outras partes da Rússia. Muito bem, e quanto aos imigrantes de outros países(como é o seu caso, acho eu)? Existe algum tipo de museu, homenagem ou reconhecimento da partes dos russos?
    3 - Li alguma coisa a respeito de Viktor Tsoi no site da Sasha Yakovleva. Mas, o que vi lá não foi o suficiente para satisfazer minha curiosidade. O que sabe a respeito dele? Como os russos em geral o vêem?

    Desculpe-me por te encher de perguntas, meu amigo.

    Abraço e poka!

    P.S - Achei muito interessantes os desenhos russos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kleber! Muito obrigado pelo comentário e pelas informações adicionais. Imagine, não incomoda não. Fique a vontade.

      Vamos às (tentativas de) resposta:

      01 - Nosso anfitrião disse que a fábrica funciona ainda sim, mas agora ela se dedica a produção de outros veículos pesados, como tratores, por exemplo.
      02 - Não, não encontrei nada ainda sobre imigrantes aqui. Quem sabe eu dê sorte e encontre algo, mas até o momento, não achei nada ainda. E não é museu do migrante, é apenas uma estátua em homenagem aos moradores da parte europeia que concordaram em ir para o Altaiski Krai para ajudar a desenvolver a região. Graças a isso, hoje essa região produz muitos gêneros agrícolas em geral.
      03 - Não sei muito na verdade. Sei que foi um cantor que viveu em São Petersburgo e que foi muito famoso nos anos 80 e 90 e faleceu em 1993, se não me engano. Todas as pessoas que o mencionam, o fazem com respeito, dizendo que era um grande compositor e cantor. Ouvi umas músicas dele e achei bem interessantes.

      Valeu mais uma vez por comentar. Do vstrech!!

      Excluir
  2. Eu adoro monumentos, sempre que viajo, tiro fotos deles. Gostei muito do monumento em homenagem a Aleksader Pushkin, é muito bonito e a ideia do "metrô" é bem legal :)
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gosto bastante deles. Sempre presto atenção neles e sempre quero tirar fotos. Já sobre o metrô, teve gente que não gostou e, por causa, o site deles saiu do ar, infelizmente. :( Obrigado pelo comentário. :)

      Excluir

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.