segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

A Rússia

Olá amigos! No último um ano e meio descobri e compartilhei muita coisa sobre a Rússia, sobre suas cidades, cultura, comida, vida cotidiana e muitas coisas mais. Mas pensei em fazer um compêndio geral sobre informações enciclopédicas, para pesquisas (minhas e de qualquer pessoa) e coisas assim. Para isso, decidi traduzir a página da CIA - World Factbook sobre o país. Não coloquei todos os dados porque ficaria ainda mais longo e eles não são tão atuais. Mas já foi bastante coisa. Confira aí abaixo tudo o que traduzi.



Fundado no século XII, o Principado da Moscóvia (Княжество Московское) emergiu de mais de 200 anos de domínio mongol (do século XIII ao XV) para gradualmente conquistar e absorver os principados vizinhos.

Ryurik, o primeiro governante da Rus' (Rússia)
No início do século XVII a nova dinastia Romanov (Романов) continuou a política de expansão pela Sibéria até alcançar o Pacífico. Sob o reinado de Pedro I, o Grande (Пётр I, Пётр Великий 1682-1725), a hegemonia foi estendida até o mar Báltico e o país foi renomeado Império Russo (Российская Империя). Durante o século XIX, mais aquisições territoriais foram feitas na Europa e na Ásia. A derrota na guerra Russo-Japonesa de 1904-05 contribuiu para a revolução de 1905, que resultou na formação de um parlamento e outras reformas. Repetidas derrotas devastadoras do Exército russo na Primeira Guerra Mundial levaram a motins generalizados nas maiores cidades do Império Russo e a deposição da casa imperial em 1917.

mikhail gorbachev ussr russia
O último líder soviético M. Gorbatchev
Os comunistas sob o comando de Vladimir Lênin (Владимир Ленин) logo tomaram o poder e formaram a URSS (СССР), abreviação de União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (Союз Советских Социалистических Республик). O governo brutal de Josif Stálin (Иосиф Сталин, 1924-53) reafirmou o comando comunista e o domínio russo na URSS ao custo de dezenas de milhões de vidas. A economia e sociedade soviética estagnaram nos anos seguintes, até que o Secretário Geral do Partido Comunista da URSS, Mikhail Gorbachev (Михаил Горбачёв, 1985-91) introduziu as políticas de glasnost (гласность, abertura) e perestroika (перестройка, reestruturação) numa tentativa de "modernizar" o comunismo., mas suas medidas liberaram grandes forças que em dezembro de 1991 dividiram a União Soviética em Rússia e mais 14 repúblicas independentes. Desde então, a Russia tem mudado seu caminho democrático pós-soviético em favor de um governo centralizado e estado semi-autoritário, no qual a liderança buscar legitimar seu poder através eleições nacionais manipuladas, apelos populistas do presidente Vladimir Putin (Владимир Путин) e contínuo crescimento econômico. A Rússia debandou severamente o movimento rebelde Checheno, no entanto a violência ainda ocorre pelo norte do Cáucaso afora.

map russia in the world flag
A Federação Russa no mundo
Maior país do mundo em área, mas localizado desfavoravelmente em relação aos grandes oceanos do mundo: apesar de seu tamanho, a maior parte do país se ressente da falta de solos próprios para cultivo e clima (ou frio demais ou seco demais) para a agricultura. O Monte Elbrus (Эльбрус) é o ponto mais alto da Europa. O lago Baikal (oзеро Байкал) é o lago mais profundo do mundo e estima-se que detenha um quinto de toda a água doce do planeta.

Localização: norte da Ásia, no oceano Ártico, estendendo-se da Europa (a porção oeste dos Urais) até o oceano Pacífico norte.

Coordenadas geográficas: 60 00 N, 100 00 E

Área: terra: 16,377,742 km² + água: 720,500 km² = total: 17,098,242 km²

mount elbrus highest europe russia mountain
Monte Elbrus, o ponto mais alto da Rússia e da Europa
Comparação de tamanho: aproximadamente duas vezes o tamanho do Brasil.
Fronteiras terrestes: total: 20,241.5 km²

Países com os quais faz fronteira (14): Azerbaijão 284 km, Bielorrússia 959 km, Cazaquistão 6,846 km, China 3,645 km, Coréia do Norte 17.5 km, Estônia 290 km, Finlândia 1,313 km, Geórgia 723 km, Letônia 292 km, Lituânia (oblast de Kaliningrado) 227 km, Mongólia 3,441 km, Noruega 196 km, Polônia (oblast de Kaliningrado) 432 km e Ucrânia 1,576 km

Costa: 37,653 km

Reivindicações: territoriais marítimas: 12 mn*
zona contígua: 24 mn*
zona econômica exclusiva: 200 mn*
plataforma continental: 200 m de profundidade ou para a profundeza de exploração
*mn = milhas náuticas - 1852 metros

russian estepe
Estepes do sul da Rússia (região de Kuban)
Clima: varia do clima de estepes do sul, passando pelo úmido continental na maior parte da Rússia europeia; do subártico na Sibéria (Сибирь) ao clima de tundra no Polo Norte; invernos variam de fresco ao longo do Mar Negro a frígido na Sibéria; os verões variam de quente de estepes para frio ao longo da costa do Ártico.

Terreno: longas planícies com morros baixos ao oeste dos Urais; vastas florestas de coníferas e tundra na Sibéria; planaltos e montanhas ao longo das fronteiras do sul.

Pontos extremos:
ponto mais baixo: Mar Cáspio (Каспийское море): -28 m
ponto mais alto: Monte Elbrus (Эльбрус): 5633 m (também o ponto mais alto da Europa)
Recursos naturais: enorme base de recursos naturais, incluindo grandes reservas de petróleo, gás natural, carvão e muitos minerais estratégicos, jazidas de elementos raros.

nota: enormes obstáculos de clima, terreno e distância travam a exploração de recursos naturais.

Uso da terra: terra cultivável: 7.11%
cultivos permanentes: 0.1%
outros: 92.79% (2011)
Terra irrigável: 43,460 km² (2008)
 
peninsula kamchatka russia volcano
Península da Kamchatka. Logo abaixo está o Japão
Riscos naturais: pergelissolo (permafrost) sobre a maior parte da Sibéria é o maior impedimento para seu desenvolvimento; atividade vulcânica constante nas Ilhas Curilas (Курильские острова); vulcões e terremotos na península de Kamchtka (Полуостров Камчатка); inundações de primavera e incêndios em florestas durante o verão e outono pela Sibéria afora e partes da Rússia europeia; atividade vulcânica significativa na península de Kamchatka e Ilhas Curilas; a península responde sozinha por 29 vulcões historicamente ativos, com dezenas de outros mais nas Ilhas Curilas; Kliuchevskaya (Ключевская Сопка, 4.835 metros de altura), que entrou em erupção em 2007 e 2010 é o vulcão mais ativo da Kamchatka; Os vulcões Avachinsky ou Avacha (Авачинская сопка, Авача) e Koryaksky (Корякская сопка) têm sido denominados "vulcões da década" pela Associação Internacional de Vulcanologia e Química do Interior da Terra e merecem mais estudos devido a seu histórico de erupções e proximidade de assentamentos humanos; outros vulcões notavelmente ativos incluem Bezymianny (Безымянный), Chikurachki (Чикурачки), Ebeko (Эбеко), Gorely (Горелый), Grozny (Грозный), Karymsky (Карымская сопка), Ketoi (Кетой), Kronotsky (Кроноцкая сопка), Ksudach (Ксудач), Medvezhia (Медвежия), Mutnovsky (Мутновский), Pico Sarychev (вулкан Сарычева), Shiveluch (Шивелуч), Tyatya (Тятя), Tolbachik (Толбачик), e Jeltovsky (Желтовский).

Fábricas na Rússia
Problemas ambientais atuais: poluição do ar pela indústria pesada, emissões de carvão queimado por usinas hidrelétricas; transporte em cidades grandes, municípios, indústrias e poluição agrícola de costas e cursos d'água; desmatamento; erosão do solo; contaminação do solo por aplicação imprópria no solo de agrotóxicos; derramamento e espalhamento de produtos radioativos pesados, contaminação de lençois freáticos por lixo tóxico; manejamento de lixo urbano; embalagens abandonadas de pesticidas obsoletos.

Tratados ambientais internacionais:
parte de: Poluição do ar. Poluição do ar - óxidos de nitrogênio, Poluição do ar - enxofre 85, Protocolo do meio ambiente antártico, Recursos vivos marinhos antárticos, Pinípedes antárticos, Tratado antártico, Biodiversidade, Mudanças climáticas, Protocolo de Kyoto de mudanças climáticas, Desertificação, Animais em extinção, Modificação do meio ambiente, Resíduos tóxicos, Lei do mar, Poluição marítima, Proteção da camada de ozônio, Poluição de navios e barcos, madeira tropical 83, Pantanais, Baleeiros
assinado mas não ratificado: Poluição do ar - enxofre 94

chuvash russia
Tchuvashes em suas roupas
Nacionalidade:
russo(s)/russa(s)
adjetivo: russo(s)/russa(s).

Composição étnica: russos 79.8%, tártaros 3.8%, ucranianos 2%, bashquires 1.2%, tchuvashes 1.1%, outros ou não não especificado 12.1% (censo de 2002).

Línguas: Russo (oficial), muitas línguas minoritárias
Religião: cristianismo ortodoxo russo 15-20%, islamismo 10-15%, outros cristãos 2% (2006 est.).

nota: estimativas de praticantes ativos: a Rússia tem uma grande população de religiosos não praticantes e ateus, legado de mais de sete décadas de governo soviético.

russian traditional clothes
Russas em roupas tradicionais
População: 142.500.482 (estimativas de julho de 2013)
Estrutura de idade: (estimativas de 2013)
00-14 anos: 16% (homens 11.740.877/mulheres 11.119.318)
15-24 anos: 11,5% (homens 8.401.971/mulheres 8.045.363)
25-54 anos: 45,9% (homens 31.945.797/mulheres 33.417.073)
55-64 anos: 13,5% (homens 8.177.300/mulheres 11.009.712)
mais de 65 anos: 13,1% (homens 5.687.515/mulheres 12.955.556)

Ralações de dependência:
relação total de dependência: 40,5%
relação de dependência juvenil: 22,2%
relação de dependência idosa: 18,3%
relação de suporte potencial: 5.5 (2013)
Idade média da população: 38,8 anos
homens: 35,8 anos
mulheres: 41,8 anos (dados de 2013)
Crescimento demográfico: -0,02% (2013)
Taxa de nascimentos: 12.11 nascimentos por 1000 habitantes
Taxa de mortalidade: 13.97 mortes por 1000 habitantes
Taxa de migração: 1.69 migrantes por 1000 habitantes
Urbanização: população urbana: 73,8% da população total (2011)
taxa de urbanização: 0,13% taxa anual de mudanças (estimativas de 2010-15)

baikal lake russia
Lago Baikal no inverno
Maiores áreas urbanas - população: Moscou (Москва) 10.523 milhões; São Petersburgo (Санкт-Петербург) 4.575 milhões; Novosibirsk (Новосибирск) 1.397 milhão; Ecaterimburgo (Екатеринбург) 1.344 milhão; Nijny Novgorod (Нижный Новгород) 1.267 milhão (2009)
Taxa de mortalidade materna: 34 mortes/100.000 nascimentos (2010)

Taxa de mortalidade infantil: 7,19 mortes/1.000 nascimentos
homens: 8,04 mortes/1.000 nascimentos
mulheres: 6,29 mortes/1.000 nascimentos (dados de 2013)

Expectativa de vida ao nascer: total 69,85 anos - homens: 64,04 anos - mulheres: 76,02 anos (2013)

Taxa de fertilidade total: 1,61 filho por mulher (2013)

Taxa de prevalência contraceptiva: 79,5% (2007)

makhachkala daguestan russia
Makhatchkalá, capital do Daguestão, no sul da Rússia
Gastos com saúde: 5,1% do Produtos interno bruto (PIB) (2010)
Total de leitos: 9.66 leitos por 1.000 habitantes (2006)
HIV/AIDS - taxa de prevalência na população adulta: 1% (2009)
HIV/AIDS - pessoas vivendo com HIV/AIDS: 980.000 (2009)
Obesidade - taxa de prevalência em adultos: 26,5% (2008)

Disponibilidade de água potável:
área urbana: 99% da população
área rural: 92% da população
total: 97% da população

Acesso a saneamento básico:
área urbana: 74% da população
área rural: 59% da população
total: 70% da população (2010)

grózni chechênia rússia
Grózny, capital da Chechênia, ao lado do Daguestão
Gastos com educação: 4,1% do PIB (2008)

Alfabetização (definição - pessoas com 15 anos ou mais que podem ler e escrever)
população total: 99,7%
homem: 99,7%
mulher: 99,6% (2010) 

Expectativa de vida escolar (educação primária a terciária)
total: 14 anos
homens: 14 anos
mulheres: 15 anos (2009)

Taxa de desemprego entre jovens (15-24 anos)
total: 15,5%
homens: 15,3%
mulheres: 15,7% (2011)




flag russian empire
Bandeira do Império Russo
Nome do país:
forma longa convencional: Federação Russa
forma curta convencional: Rússia
forma longa local: Российская Федерация (Rossiskaya Federatsiya)
forma curta local: Россия (Rossiya)
nomes anteriores: Império Russo (antes da reforma ortográfica: Россійская Имперія, depois da reforma ortográfica: Российская империя), República Federativa Socialista Soviética da Rússia (Российская Советская Федеративная Социалистическая Республика)

Tipo de governo: federação

Capital: Moscou (Москва)

Coordenadas geográficas: 55 45 N, 37 36 E

Diferença de tempo: UTC +3 (6 horas à frente do horário de Brasília, quando no horário padrão)

Bandeira da República Socialista Russa de 1954 a 1991
Horário de verão: +1 hora

nota 1: a Rússia anunciou que ficará no horário de verão permanentemente, que se iniciou em 27 de março de 2011. Isso significa que, na prática, a diferença do horário de Moscou e de Brasília são 6
horas, no horário padrão.

nota 2: a Rússia é dividida em 9 fusos horários (até 2010 havia 11 fusos, mas dois foram suprimidos)

Divisões administrativas: 46 províncias (oblastey, singular - oblast), 21 repúblicas (respublik, singular - respublika), 4 regiões autônomos (avtonomnykh okrugov, singular - avtonomnyy okrug), 9 krais (krayev, singular - krai), 2 cidades federais (goroda, singular - gorod), e 1 província autonôma (avtonomnaya oblast'). Capitais em parênteses. Grafias alternativas separadas por barras. Sublinhados os estados que já visitei.


Kirov, capital da Kirovskaya oblast
Oblasts/Областей: Amur (Blagoveshchensk), Arkhangelsk, Astracã, Belgorod, Bryansk, Chelyabinsk, Irkutsk, Ivanovo, Kaliningrado, Kaluga, Kemerovo, Kirov, Kostroma, Kurgan, Kursk, Leningrado, Lipetsk, Magadã, Moscou, Murmansk, Nijni Novgorod/Nizhny Novgorod, Novgorod, Novosibirsk, Omsk, Orenburg, Oriol, Penza, Pskov, Rostov, Riazan, Sakhalin (Yujno-Sakhalinsk / Yuzhno Sakhalinsk), Samara, Saratov, Smolensk, Sverdlovsk (Yecaterimburgo), Tambov, Tomsk, Tula, Tver, Tyumen, Ulyanovsk, Vladimir, Volgogrado, Vologda, Voronej/Voronezh, Yaroslavl

Repúblicas/Республик: Adiguesia (Maykop), Altai (Gorno-Altaysk), Bascortostão (Ufa), Buryatia (Ulan-Ude), Cabárdia-Balcária (Nalchik), Cacássia (Abakan), Calmúquia (Elista), Carachai-Circássia (Cherkessk), Carélia (Petrozavodsk), Chechênia (Grózni), Chuvashia (Cheboksary), Daguestão (Makhachkala), Iacútia [Sakha] (Yakutsk), Inguchétia (Magas), Komi (Syktyvkar), Mari-El (Yoshkar-Ola), Mordóvia (Saransk), Ossétia do Norte-Alânia (Vladikavkaz), Tartaristão (Kazan), Tuva (Kyzyl), Udmúrtia (Ijevsk/Izhevsk)

Magas, capital da Ingushétia
Regiões autônomas/Автономных Округов: Tchukotka (Anadyr), Khanty-Mansi (Khanty-Mansisk), Nenets (Naryan-Mar), Yamalo-Nenets (Salekhard)

Krais/Краев: Altaisky (Barnaul), Kamtchatsky (Petropavlovsk-Kamchatsky), Khabarovsky, Krasnodarsky, Krasnoyarsky, Permsky, Primorsky [Marítimo] (Vladivostok), Stavropol'sky, Zabaykalsky (Chita)

Cidades federais/Город федерального значения: Moscou [Moskva], São Petersburgo [Sankt-Peterburg]

Província autônoma/Автономная область: Yevrey [Judeu] (Birobidjan)

nota: divisões administrativas têm os mesmos nomes de seus centros administrativos (exceções têm os nomes dentro de parênteses)

Anadyr, capital da Tchukotka, pertinho do Alasca
Dia da saída da URSS (chamada por alguns de independência): 24 de agosto de 1991

Datas notáveis anteriores: 1157 (fundação do Principado de Vladimir-Suzdal), 16 de janeiro de 1547 (estabelecimento do Czarado da Moscóvia), 22 de outubro de 1721 (proclamação do Império Russo), 30 de dezembro de 1922 (criação da União Soviética)

Feriado nacional: Dia da Rússia: 12 de junho (1990)

Constituição: adotada em 12 de dezembro de 1993

Sistema legal: sistema de lei civil: revisão judicial de atos legislativos

Sufrágio: a partir dos 18 anos de idade, universal

Um dia de sessão na Duma Federal Russa
Poder executivo:
chefe de estado: presidente Vladimir Vladimirovich Putin (desde 7 de maio de 2012)
chefe de governo: primeiro-ministro: Dmitry Anatolyevich Medvedev (desde 8 de maio de 2012)

Gabinete: o "Governo" é composto pelo premier, seus deputados e ministros: todos são indicados pelo presidente e o primeiro-ministro é também confirmado pela Duma (Congresso nacional).

nota: também existe uma Administração Presidencial (AP) que provê pessoal e políticas de suporte ao presidente, seleciona decretos presidenciais e coordena as políticas entre as agências governamentais: o conselho de Segurança também se reporta diretamente ao presidente.

Владимир Владимирович Путин
Eleições: o presidente é eleito por voto popular para um mandato de seis anos (com direito a re-eleição): a última eleição foi realizada em 4 de março de 2012 (a próxima acontecerá em março de 2018); nota - a duração do mandato foi estendida de quatro para seis anos no fim de 2008 e entrou em vigor à partir das eleições de 2012; não há vice presidente; se o presidente morrer durante o exercício do mandato, não puder exercer os poderes por conta de problemas de saude; sofre impeachment or renuncia, o primeiro-ministro assume o posto de presidente e convoca novas eleições; que devem ocorrer dentro de três meses; o premier é indicado pelo presidente com a aprovação da Duma.

Resultados das últimas eleições: Vladimir Putin eleito presidente - Vladimir
Putin 63,6%, Gennady Zyuganov 17,2%, Mikhail Prokhorov 8%, Vladimir Jirinovsky 6,2%, Serguei Mironov 3,9%, outros 1,1%, Dmitry Medvedev aprovado como primeiro ministro pela Duma por 299 a 144.

Дмитрий Анатольевич Медведев
Poder legislativo: 
A Assembléia Federal bicameral (Федеральное Cобрание - Federalnoye Sobranye) consiste em:
- uma casa alta, o Conselho da Federação (Совет Федерации - Soviet Federatsii) que tem 166 cadeiras, seus membros são apontados pelos altos comissários do executivo e do legislativo de cada uma das 83 unidades administrativas federais - oblasts, krais, repúblicas, okrugs e oblasts autônomos e as cidades federais de Moscou e São Petersburgo; os membros tem um mandato de 4 anos.
- uma casa baixa, a Duma Estatal (Государственная Дума - Gosudarstvennaya Duma). Ela possui 450 cadeiras; todos os membros são eleitos por representação proporcional das listas de partidos que conquistam ao menos 7% de votos; os membros são eleitos por voto popular para um mandato de 4 anos.

Eleições: Duma Estatal - a última aconteceu em dezembro de 2015. A próxima será em dezembro de 2019.

Poder judiciário: cortes mais altas
Suprema Corte da Federação Russa (23 membros);
Corte Constitucional (19 membros);
Corte Superior de Arbitragem (consiste de um presidente e 4 vice-presidentes)
seleção de juizes e mandato no tribunal: todos os membros das três cortes mais altas são nomeados pelo presidente e apontados pelo Conselho da Federação (a casa alta da legislatura); os membros de todas as três cortes têm mandato vitalício.

Volgogrado, antiga Stalingrado
Cortes subordinadas: Alta Corte de Arbitragem, corte regional (krai) e provincial (oblast); cortes das cidades de Moscou e São Petersburgo; cortes da província autônoma e distrital;

nota - as 14 repúblicas têm sistemas de cortes especificados por suas próprias constituições.

Partidos políticos e seus líderes: Causa da Direita [Andrey Dunayev], Partido Yabloko [Serguei Mitrokhin], PCRF [Gennady Zyuganov], PLDR [Vladimir Jirinovsky], Rodina [Aleksey Juravlev], Rússia Unida [Dmitry Medvedev], Uma Rússia Justa [Serguei Mironov].

Igreja Ortodoxa Russa (Покрова на Нерли)
Grupos de pressão política: Amizade Russo-chechena, Associação de Defesa dos Direitos dos Votantes, Associação dos Cidadãos com Iniciativa da Rússia (TIGR), Centro de Análise e Informação, Confederação Trabalhista da Rússia (KTR), Defesa da Glasnost, Federação do Trabalho Independente, Federação Russa dos Proprietários de Carros, Fundação Golos, Greenpeace Rússia, Human Rights Watch (divisão Rússia), Igreja Ortodoxa Russa, Instituto pela Ação Coletiva Memorial (grupo de direitos humanos), Liberdade de Escolha, Movimento Contra Migração Ilegal Pamjat (preservação de monumentos históricos e registro da história), Organização Inter-regional dos Automobilistas, PARNAS, Sociedade Solidarnost, SOVA, União dos comitês das Mães de Soldados, Uniões da Rússia, World Wildlife Fund (seção Rússia).

БРИКС - BRICS
Participação em organizações internacionais: APEC, ARF, ASEAN (parceiro de diálogo), BIS, BRICS, BSEC, CBSS, CD, CE, CERN (observador), CICA, CIS, Clube de Paris, Conselho de Segurança da ONU (permanente), Conselho do Ártico, CSTO, EAEC, EAPC, EAS, EBRD, FAO, FATF, G-8, G-20, GCTU, IAEA, IBRD, ICAO, ICC (comitês nacionais), ICRM, IDA, IFC, IFRCS, IHO, ILO, IMF, IMO, IMSO, Interpol, IOC, IOM (observador), IPU, ISO, ITSO, ITU, ITUC (NGOs), LAIA (observador), MIGA, MINURSO, MONUSCO, NSG, OAS (observador), OIC (observador), ONU, OPCW, OSCE, PCA, PFP, SCO, UNCTAD, UNESCO, UNHCR, UNIDO, UNISFA, UNMIL, UNMISS, UNOCI, UNTSO, UNWTO, UPU, WCO, WFTU (NGOs), WHO, WIPO, WMO, WTO, ZC

Símbolos nacionais: Águia bicéfala (Двуглавый орёл); urso (медведь)

Hino nacional:
nome: "Gimn Rossiyskoy Federatsii (Гимн Российской Федерации)" Hino da Federação Russa. letra/música: Serguei Vladimirovich Mikhalkov/Alexander Vasilievich Alexandrov

nota: em 2000, a Russia adotou a melodia do hino da antiga União Soviética (composto em 1939); a letra, também adotada em 2000, foi escrita pelo mesmo autor da letra do hino soviético de 1943.

Embaixada brasileira em Moscou
Representação diplomática no Brasil:
chefe de missão: Embaixador Serguei Pogossovitch Akopov
chancelaria: Avenida das Nações SES Q.801, Lote A, Brasilia-DF
telefone: (55 61) 3223 30 94, 3223 40 94
FAX: (55 61) 3226 73 19
e-mail: embaixada.russia@gmail.com
consulado(s) gerais: Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo

Representação diplomática em Portugal:
chefe de missão: Embaixador Oleg Nikolaevich Belous
chancelaria: Rua Visconde de Santarém, 57, 1000-286 Lisboa
telefone: +351 21 846 24 23, +351 21 846 24 24
FAX: +351 21 846 30 08
e-mail: mail@embrussia.ru

Consulado geral brasileiro em São Petersburgo
Representação diplomática do Brasil:
chefe de missão: Embaixador Antônio José Vallim Guerreiro
embaixada: Ulitsa Bolshaia Nikitskaia, 54 - CEP 121069, Moscou
telefones: embaixada: +7 (495) 3630366 / setor consular: +7 (495) 3630369
FAX: +7 (495) 3630367
e-mails: brasemb.moscou@itamaraty.gov.br / setor consular: consulado.moscou@itamaraty.gov.br
consulado geral honorário: São Petersburgo

Representação diplomática de Portugal:
chefe de missão: Embaixador Pedro Nuno de Abreu e Melo Bártolo
chancelaria: Botanitchesky Pereulok, 1 - 129010 Moscovo
telefone: chancelaria :+7 (495) 9813410 / secção consular: +7 (495) 9813414
FAX: chancelaria: +7 (495) 9813416 / secção consular: +7 (495) 9183415
e-mails: embptrus@moscovo.dgaccp.pt / secção consular: scptrus@moscovo.dgaccp.pt



Campo de extração de petróleo na Rússia
A Rússia tem sofrido mudanças significativas desdeo colapso da União Soviética, indo de uma economia globalmente isolada e centralmente planificada para uma economia de mercado e globalmente integrada. Reformas econômicas nos anos 90 privatizaram a maior parte da indústria, com exceções notáveis nos setores de enegia e os relacionados a segurança. A proteção dos direitos de propriedade ainda é fraca e o setor privado ainda está sujeito a grande interferência do Estado.

Extração de gás natural na Rússia
Em 2011, a Rússia tornou-se a maior profutora mundial de petróleo, ultrapassando a Arábia Saudita; a Rússia é a segunda maior produtora de gás natural e possui as maiores reservas de gás natural; a segunda maior reserva de carvão e a oitava maior reserva de petróleo cru também estão na Rússia; o país também é o exportador de metais, bem como de aço e alumínios primários. A confiança russa nas exportações dessas commodities torna a economia vulnerável a crises e a volatilidade dos preços globais. Desde 2007 o governo tem embarcado em um projeto ambicioso de redução dessa dependência e reforçar os setores de alta tecnologia, mas com poucos resultados efetivos desde então.

A economia russa depois da forte crise de 1998
A economia teve um crescimento médio de 7% na década a partir da crise financeira russa de 1998, o que resultou em uma duplicação de rendas descartáveis e a emergência de uma classe média. A economia russa, entretanto, foi mas das mais duramente atingidas com a crise econômica global de 2008-09, quando os preços do petróleo despencaram e o crédito estrangeiro que os bancos russos e companhias se fiavam desapareceram. De acordo com o Banco Mundial, o pacote governamental anti-crise de 2008-09 aumentou em cerca de 6,7% o PIB. O declínio econômico atingiu o fundo do poço na metade de 2009, quando a economia começou a crescer novamente no terceiro quarto de 2009. A alta nos preços do petróleo balizou o crescimento russo em 2011-12 e ajudouo país a reduzir o déficit no orçamento herdado de 2008-09. A Rússia reduziu o desemprego a uma taxa recorde e derrubou a inflação para menos de dois dígitos. A Rússia se uniu a Organização Mundial do Comércio em 2012, que reduziu as barreiras dentro do país para produtos e serviços estrangeiros e ajudou a abrir os mercados internacionais aos bens e serviços russos. Ao mesmo tempo, tem procurado reforçar os laços econômicos com os países da antigo espaço soviético através de uma união aduaneira com a Bielorrússia e o Cazaquistão nos próximos anos, através da criação de um novo bloco econômico liderado pela Rússia chamado União Econômica Eurasiática (Евразийский Союз).

A economia russa no momento (fevereiro de 2016)
A Rússia tem enfrentado dificuldades em atrair investimento direto estrangeiro e experimentado uma grande fuga de capitais nos últimos anos, levando a programas oficiais para o melhora do país nos rankings internacionais. A adoção de uma nova regra de cálculo base do preço do petróleo em 2012 e uma política de taxa de câmbio mais flexível têm melhorado a condição russa de lidar com abalos nos mercados internacionais, incluindo a inconstância nos preços do petróleo. Os desafios a longo prazo da Rússia incluem um encolhimento na mão de obra, corrupção galopante e pouco investimento em infraestrutura.

PIB (paridade de poder de compra): $2.096 trilhões (est. 2013), $2.555 trilhões (est. 2012) $2.471 trilhões (est. 2011) $2.369 trilhões (est. 2010).
PIB (taxa de câmbio oficial): $2.096 trilhões (est. 2013)
PIB - taxa de crescimento real: 1,3% (est. 2013), 3,4% (est. 2012), 4,3% (est. 2011), 4,5% (est. 2010)
PIB per capita (PPC): $14.611 (est. 2013), 18.000 (est. 2012), 17.300 (est. 2011), 16.600 (est. 2010)

nota: todos os dados em dólares.

Naryan Mar, capital de Nenets
Reserva do produto nacional: 30% do PIB (est. 2012) 30.6% do PIB (est. 2011) 27.3% do PIB (est. 2010)
PIB - composição, por uso final: consumo doméstico: 49.2%
consumo governamental: 18.6%
investimento em capital fixo: 22%
investimento em inventários: 2.6%
exportações de bens e serviços: 29.7%
importações de bens e serviços: -22.1% (est. 2012)

PIB - composição, por setor de origem: consumo doméstico: 49.2%
consumo governamental: 18.6%
investimento em capital fixo: 22%
investimento em inventários: 2.6%
exportações de bens e serviços: 29.7%
importações de bens e serviços: -22.1% (est. 2012) 

Agricultura - produtos: grão, açúcar mascavo, sementes de girassol, legumes, frutas; carne, leite
Indústrias: alcance completo das indústria de mineração e extração, produzindo carvão, petróleo, gás, produtos químicos e metais; todas as formas de máquinas, incluindo construção de máquinas de laminadores para veículos aéreos e espaciais de alta performance; indústrias de defesa incluindo radar, produção de mísseis e componentes eletrônicos avançados, construção naval; transporte de equipamentos de transporte de estradas e trilhos; equipamentos de comunicação e transmissão; maquinário agrícola; tratores e equipamentos de construção; instrumentos médicos e científicos; geração de energia elétrica e equipamentos de transmissão; bens de consumo duráveis; têxteis, alimentos, artesanato.

Khanty-Mansisk, a colorida capital de Khanty Mansi
Taxa de crescimento da produção industrial: 3.1% (est. 2012)

Força de trabalho: 75.24 milhões (est. 2012)

Força de trabalho - por ocupação:
agricultura: 7.9%
indústria: 27.4%
serviços: 64.7% (2011)

Taxa de desemprego: 5.7% (est. 2012) 6.6% (est. 2011)
População abaixo da linha da pobreza: 12.7% (2011)

Renda doméstica ou consumo por porcentagem:
menos que 10%: 5.7%
mais que 10%: 42.4% (est. 2011)

Distribuição da renda familiar - índice Gini: 41.7 (2011) 39.9 (2001)

биробиджам россия
Birobidjam, capital da obscura oblast judia
Orçamento: 
receitas: $416.8 bilhões
despesas: $418 bilhões (est. 2012)

Taxas e outras receitas: 20.6% do PIB (est. 2012)

Dívida pública: 7.7% do PIB (est. 2012) 8.1% do PIB (est. 2011)

nota: os dados cobrem a dívida governamental geral e incluem papéis da dívida lançados (ou possuídos) pelas entidades governamentais, exceto o tesouro nacional; os dados incluem papéis do tesouro detidos por entidades estrangeiras; os números também incluem dívidas contraídas por entidades subnacionais, bem como débitos intragovernamentais (débitos intragovernamentais consistem em empréstimos do tesouro nacional do superávit dos fundos sociais nacionais, como por exemplo, aposentadoria, auxílio doença e desemprego; instrumentos da dívida para fundos sociais não são vendidos em leilões públicos).

мурманск россия
Murmansk, bem lá no norte, perto da Noruega
Ano fiscal: ano do calendário

Taxa de inflação (preços ao consumidor); 14.96% (2014), 11,36% (2013), 5,1% (2012)

Saldo da balança comercial: $81,3 bilhões (est. 2012), $98,8 bilhões (est. 2011)

Exportações: $529,6 bilhões (est. 2012), 519,9 bilhões (est. 2011)

Exportações - commodities: petróleo e derivados, gás natural, metais, madeira e derivados, produtos químicos e uma larga variedade de manufaturas civis e militares.

Exportações - parceiros comerciais: Países Baixos 14,4%, China 6,4%, Alemanha 4,5% (2012)

Importações: $334,7 bilhões (est. 2012), $321,9 bilhões (est. 2011)

южно сахалинск россия
Yuzhno-Sakhalinsk, na ilha Sakhalina, ao norte do Japão
Importações - commodities: maquinário, veículos produtos farmacêuticos, plásticos, produtos de metal semi-acabados, carne, frutas e grãos, instrumentos médicos e óticos, ferro, aço.

Importações - parceiros: China 15,5%, Alemanha 9,5%, Ucrânia 5,5% (2012)

Reservas de moeda estrangeira e outo: $537,6 bilhões (31 de dezembro de 2012)

Dívida externa: $631,8 bilhões (31 de dezembro de 2012)

Estoque de investimento direto estrangeiro:
no país: $502,5 bilhões (31 de dezembro de 2012)
no exterior: $413,1 bilhões (31 de dezembro de 2012)

Valor de mercado das ações de mercado públicas: $845,4 bilhões (31 de dezembro de 2012)

Taxa cambial: rublos russos por dólares americanos: 76,45 (fev. 2016) 30.84 (2012) 29.382 (2011) 30.368 (2010) 31.74 (2009) 24.853 (2008)



сыктывкар россия
Bem-vindo a Syktyvkar!
Eletricidade - produção: 1.064 trilhões de kWh (est. 2012) - no ranking mundial de produção: 4
Eletricidade - consumo: 1.038 trilhões de kWh (est. 2012)
Eletricidade - exportação: 19.14 bilhões de kWh (est. 2012)
Eletricidade - importação: 2.661 bilhões de kWh (est. 2012)
Eletricidade - capacidade de geração instalada: 223. milhões de kWh (est. 2012)
Eletricidade - de combustíveis fósseis: 67.7% do total da capacidade instalada (est. 2012)
Eletricidade - de energia nuclear: 17,2% do total da capacidade instalada (est. 2012)
Eletricidade - de usinas hidrelétricas: 15,1% do total da capacidade instalada (est. 2012)
Eletricidade - de outras fontes de energia renovável: 0% do total da capacidade instalada (est. 2012) 

тоболск россия
Tobolsk, a única cidade siberiana com kremlin
Petróleo cru - produção: 10.37 milhões de barris/dia (est. 2012)
Petróleo cru - exportação: 4.69 milhões de barris/dia (est. 2012)
Petróleo cru - importação: 16.380 de barris/dia (est. 2012)
Petróleo cru - provisão de reservas: 60 bilhões de barris (1 de janeiro de 2012)
Produtos de petróleo refinado - produção: 4.802 milhões de barris/dia (est. 2008)
Produtos de petróleo refinado - consumo: 3.341 milhões de barris/dia (est. 2012)
Produtos de petróleo refinado - exportações: 2.699 milhões de barris/dia (est. 2012)
Produtos de petróleo refinado - importações: 24.300 de barris/dia (est. 2012) 

оймякон россия
 Oymyakon: "O lugar mais frio do mundo -51°C".
Gás natural - produção: 653 bilhões de metros cúbicos (est. 2012)
Gás natural - consumo: 460 bilhões de metros cúbicos (est. 2012)
Gás natural - exportações: 200.1 bilhões de metros cúbicos (est. 2012)
Gás natural - importações: 32.5 bilhões de metros cúbicos (est. 2012)
Gás natural - reservas provadas: 47.57 trilhões de metros cúbicos (est. 1 de janeiro 2012)
Emissões de dióxido de carbono de consumo de energia: 1.634 bilhões de Mt (est. 2010)




Telefones em uso: 44.152 milhões (2011) - posição do país no ranking mundial: 05

Telefones celulares em uso: 236.7 milhões (2011)

вологда россия
Vologda (Вологда)
Sistema de telefone: acesso geral: o sistema de telefones está experimentando mudanças significativas; existem mais de 1000 companhias licenciadas que oferecem serviços de comunicação; acesso a linhas digitais tem melhorado, particularmente nos centros urbanos; serviços de Internet e e-mail estão sempre melhorando; a Rússia tem feito um grande progresso no sentido de construir uma infra-estrutura de telecomunicações necessária para uma economia de mercado; o número estimado de assinantes de serviços de telecomunicações móveis saltou de um pouco mais de 1 milhão em 1998 para mais de 235 milhões em 2011; o serviço de telefones fixos melhorou, mas ainda há uma grande demanda.

якутск россия
Yakutsk lugar bem frio no inverno, mas bem legal no veráo
domésticos: linhas-tronco digitais cruzam todo o país, de São Petersburgo a Khabarovsk e de Moscou a Novorossisk; o sistema de telefones de 60 capitais
regionais têm infra-estrutura digital moderna; serviços celulares, ambos analógicos e digitais, estão disponíveis em muitas áreas; nas áreas rurais os serviços de telefone ainda são desatualizados inadequados e de baixa densidade.

internacional: código do país: +7; a Rússia é conectada internacionalmente por cabos submarinos de fibra ótica; estações de satélite provêm acesso aos sistemas Eutelsat, Inmarsat, Intelsat, Intersputnik e Orbita (2011).

Piervy kanal (Первый канал), o canal do governo russo
Meios de transmissão: 6 canais de TV nacionais, com o governo federal detendo um e detendo o controle sobre um segundo; a estatal Gazprom (Газпром) mantém o controle sobre um terceiro canal nacional; a instituição semi-estatal Banco da Rússia (Bank Rossiya - Банк Россия) controla um quarto e quinto canais, ao passo que o sexto canal nacional é controlado pela adminstração da cidade de Moscou; aproximadamente 3.300 estações de TV federais, regionais e locais com mais de dois terços completamente ou parcialmente controlados pelo governo federal ou local; serviços de TV via satélite estão disponíveis; 2 redes nacionais de rádio estatais com uma terceira majoritariamente controlada pela Gazprom; existem cerca de 2.400 estações de rádio públicas e comerciais (2007)

Código de Internet: .ru; nota - a Rússia também tem responsabilidade pelo legado do domínio ".su", que foi alocado à União Soviética e está sendo desativado.

Sites hospedados: 14.865 milhões (2012)

Usuários de Internet: 84.437 milhões (2012)

Fiz uma postagem sobre a internet na Rússia. Você pode lê-la clicancdo bem aqui.

Também fiz um post geral sobre transportes na Rùssia. Você pode lê-lo clicando nesse link aqui.

Aeroporto Internacional Pulkovo (Пулково) São Petersburgo
Aeroportos: 1.218 (2013) - posição do país no ranking mundial de aeroportos: 5º

Aeroportos com pistas de pouso/decolagem pavimentadas: 594
- pista com mais 3.047 m: 54
- pista entre 2.438 e 3.047 m: 197
- pista entre 1.524 e 2.437 m: 123
- pista entre 914 e 1,523 m: 95
- pista com menos de 914 m: 125 (2013)

Aeroportos com pistas de pouso/decolagem não pavimentadas: 624
- pista com mais 3.047 m: 4
- pista entre 2.438 e 3.047 m: 13
- pista entre 1.524 e 2.437 m: 69
- pista entre 914 e 1,523 m: 81
- pista com menos de 914 m: 457 (2013)

Heliportos: 49 (2013)

Dutos: água 23 km; condensados 122 km; gasodutos 163,872 km; gás de petróleo líquido 1.378 km; oleodutos 80.826 km; petróleo/água/gás 40 km; produtos refinados 13.658 km (2013)

Estação de trem de Ufa
Ferrovias: 87.157 km
bitola larga (1.520-m): 86.200 km, sendo 40.300 eletrificados
bitola estreita (1.067-m): 957 km (na ilha Sacalina)

nota: um conjunto adicional de 30.000 km de linhas serve exclusivamente a indústria (2006)
Estradas: 982.000 km (incluindo estradas públicas, locais e departamentais, 2009)
pavimentadas: 776.000 km (incluindo 30.000 km de vias expressas)
não pavimentadas: 206.000 km

Hidrovias: 102.000 km (incluindo 48.000 km de profundidade de segurança e os 72.000 km do sistema da Rússia Europeia que liga o os mares Báltico, Branco, Cáspio, de Azov e Negro) (2009)

Navio russo quebra gelo no Pólo Norte
Marinha mercante: 1.143
por tipo de embarcação:
carga 642, cargas refrigeradas 84, combinados minérios/petróleo 42, containers 13, graneleiros: 20, passageiros 15, passageiros/carga 7, petroleiros 244, químicos 57. roll on/roll off 13, suporte 3, tanques especializados 3

De propriedade estrangeira: 155 (Bélgica 4, Chipre 13, Coreia do Sul 1, Estônia 1, Irlanda 1, Itália 14, Letônia 2, Países Baixos 2, Romênia 1, Suíça 3, Turquia 101, Ucrânia 12)
registrados em outros países: 439 (Antígua e Barbuda 3, Bélgica 1, Belize 30, Bulgária 2, Camboja 50, Chipre 46, Cingapura 2, Comoros 12, Dominica 3, Espanha 6, Geórgia 6, Hong Kong 1, Ilhas Cook 1, Ilhas Marshall 5, Kiribati 1, Libéria 109, Malásia 2, Malta 45, Moldávia 5, Mongólia 2, Panamá 49, Romênia 1, São Kitts e Névis 13, São Vicente e Granadinas 11, Serra Leoa 7, Vanuatu 7, desconhecido 19) (2010)

Portos e terminais: Kaliningrado, Kavkaz, Nakhodka, Novorossisk, Primorsky, São Petersburgo e Vostotchny



Tropas de Defesa Aeroespacial
Divisões militares: Forças Terrestres (Sukhoputnyye Voyskia, SV), Marinha (Voyenno-Morskoy
Flot, VMF), Forças Aéreas (Voyenno-Vozdushniye Sily, VVS); Tropas aerotransportadas (Vozdushno-Desantnyye Voyska, VDV), Forças de mísseis estratégicos (Raketnyye Voyska Strategicheskogo Naznacheniya, RVSN), e Tropas de Defesa Aeroespacial (Voyska Vozdushno-Kosmicheskoy Oborony or Voyska VKO) são forças de combate independentes, não subordinadas a nenhuma das três forças militares; as Forças Terrestres Russas incluem as seguintes forças de combate: tropas de rifles motorizadas, tropas de tanques, tropas de mísseis e artilharia, tropas de defesa aérea e de solo. (2012) 

Um pouco do poder de fogo aéreo russo
Idade de serviço militar obrigatório: de 18 a 27 anos de idade o serviço é compulsório ou voluntário; homens são registrados para o alistamento aos 17 anos de idade; o serviço obrigatório é de 1 ano (recrutas só podem ser mandados para zonas de combate após seis meses de treinamento); reserva obrigatória até os 50 anos; inscrições nas escolas militares à partir dos 16, quando os cadetes são classificados como membros das forças armadas. Nota: o chefe do Diretório Geral de Mobilização de Pessoal anunciou em março de 2009 que, por razões de saude, apenas 65% dos alistados em 2008 foram considerados aptos para o serviço militar, e mais da metade desses tinha qualquer restrição de saúde em exames mais avançados; o vice-presidente da Equipe Geral do Exército Russo confirmou em maio de 2011 que mais de 30% dos potenciais alistados foram dispensados por motivos de saude; 61% dos homens russos na idade de alistamento recebem algum tipo de adiamento para o próximo ciclo de alistamento.

Desfile no dia da marinha
Contingente disponível para o serviço militar:
homens: idade de 16 a 49 anos: 34.132.156
mulheres: idade de 16 a 49: 34.985.115 (est. 2010)

Contingente apto para o serviço militar:
homens: idade de 16 a 49 anos: 20.431.035
mulheres: idade de 16 a 49 anos: 26.381.518 (est. 2010)

Contingente atingindo a idade significativa para o serviço militar anualmente:
homens: 693.843
mulheres: 660.359 (est. 2010)

Gastos militares: 3,9% do PIB (2005)

Ilhas disputadas entre Rússia e Japão
Disputas - Internacionais: A Rússia continua centrada no contrabando de papoula vindo do Afeganistão através dos países da Ásia Central

- China e Rússia resolveram as demarcações da disputadas ilhas na confluência dos rios Amur e Ussuri e no rio Argun de acordo com um tratado firmado em 2004, terminando assim uma disputa fronteiriça de séculos

- A soberania sobre as ilhas dos grupos Etorofu, Kunashiri, Shikotan e Habomai, conhecidas no Japão como "Curilas do Norte" e na Rússia como "Curilas do Sul", ocupadas pela União Soviética em 1945 e atualmente administradas pela Rússia e reclamadas pelo Japão, segue sendo o principal ponto de discórdia para a assinatura de um tratado que formalmente terminaria as hostilidades da Segunda Guerra Mundial

- O suporte militar russo e o subsequente reconhecimento da independência da Abecásia e Ossétia do Sul em 2008 continuam azedando as relações com a Geórgia

Abecásia e Ossétia do Sul
- Azerbaijão, Cazaquistão e Rússia ratificaram os tratados de delimitação do leito do mar Cáspio, baseados na equidistância, entretanto o Irã segue insistindo é uma fatia de um quinto do mar

- Noruega e Rússia assinaram um acordo de fronteira marítima compreensiva em 2010

- Vários grupos na Finlândia advogam a restauração da Carélia (Кареля) e outras áreas cedidas à União Soviética durante e após a Segunda Guerra Mundial (dentre elas, Vyborg), mas o governo finlandês não fez nenhum pedido oficial

- Rússia e Estônia assinaram um acordo fronteiriço técnico em maio de 2005, mas a Rússia retirou sua assinatura em junho do mesmo ano, após o parlamento estoniano adicionar no seu ato de ratificação doméstico, um preâmbulo histórico, referindo-se a ocupação soviética no período pré guerra das fronteiras da Estônia estabelecidas no Tratado de Tartu de 1920; a Rússia afirma que este preâmbulo dá a Estônia o direito de fazer reivindicações no território russo no futuro, ao passo que os oficiais estonianos negam que o preâmbulo tenha qualquer impacto legal sobre o texto do acordo

É aqui que fica a Crimeia, essa ilha entre Rússia e Ucrânia
- A Rússia exige um melhor tratamento da população russófona na Estônia e Letônia; Lituânia e Rússia se comprometeram em demarcar suas fronteiras em 2006 de acordo com os tratados marítimos e terrestres ratificados pela Rússia em maio de 2003 e pela Lituânia em 1999. A Lituâna opera um trânsito de regime simplificado para cidadãos russos que viajam do exclave costeiro de Kaliningrado para a Rússia, mesmo sendo um estado-membro da União Europeia com uma fronteira externa da UE, onde as rígidas leis fronteiriças do acordo Schengen são aplicadas

- Preparações para a demarcação e delimitação de fronteiras terrestres com a Ucrânia haviam começado, antes da anexação da Crimeia; além disso, a disputa entre Rússia e Ucrânia pela fronteira sobre o estreito de Kerch e o mar de Azov continuam sem solução, apesar do esboço de acordo de 2003 e estudos de especialistas na área

- A delimitação das fronteiras entre Cazaquistão e Rússia foi ratificada em dezembro de 2005 e a demarcação de território deveria começar em 2007

Mar de Bering, onde Rússia (dir.) e EUA (esq.) quase se tocam
- A Duma russa ainda não ratificou o Acordo de Fronteiras Marítimas do Mar de Bering de 1990 com os Estados Unidos

- A Dinamarca (Groenlândia) e a Noruega fizeram suas submissões à Comissão de Limites das terras Continentais (CLCS na sigla em inglês) e a Rússia está coletando dados adicionais para o complemento de sua submissão ao CLCS datada de 2001.

Refugiados e deslocados internos: ao menos 25,378 (conflitos armados, violações de direitos humanos e violência generalizada no Norte do Cáucaso, deslocados particularmente da Chechênia e da Ossétia do Norte-Alânia) (2014) 

Exclave de Kaliningrado e sua distância da Rússia
Apátridas (pessoas sem cidadania): 178.000 (2012);

nota: a população apátrida da Rússia consiste dos povos Roma, turcos Meskh e ex-cidadãos da União Soviética de outras antigas repúblicas constituintes da União; entre 2003 e 2010 mais de 600.000 apátridas foram naturalizadas; muitos dos turcos Meskh, seguidores do Islã com origens na Geórgia, fugiram ou foram evacuados do Uzbequistão após um pogrom em 1989 e têm vivido na Rússia por mais tempo que o período legal de residência de cinco anos; a eles continua sendo negado o registro para a cidadania e direitos básicos pelas autoridades locais de Krasnodarsky Krai, baseados no argumento de que são apenas migrantes ilegais temporários.

Drogas ilícitas: cultivo limitado de cannabis e papoula (base do ópio) e produção de metanfetamina, em sua grande maioria para consumo doméstico; o governo possui um ativo programa de erradicação de cultivo de drogas ilegais; usando como ponto de transbordo para opiáceos da Ásia, cannabis e cocaína latino americana... e ocasionalmente para os EUA, maior fonte de heroína; corrupção e crime organizado são as preocupações chave.


Bom, isso é tudo senhoras e senhores. Acho difícil que haja alguma pergunta. Se a resposta não estiver aqui, é bem provável que eu não a saiba responder, mas posso tentar. Até a próxima!

2 comentários:

  1. Привет, мои друг! Как дела?
    Excelente artigo. O mais completo, informativo e extenso também! Muito bom mesmo. RusWiki, eu diria!!! rs
    Bom, li em algum lugar que está se tornando difícil para a Federação Russa administrar um território tão grande com uma população que está - segundo li - numa curva descendente acentuada. Mas, penso que isto é assim devido ao estilo de vida da sociedade em geral, não só Russa, mas de todo o resto do planeta. Enfim, esta é outra história...
    Bom, as perguntas meu nobre;

    1 - Porque existe e como se formou este exclave chamado Kaliningrado?
    2 - Qual a sua importancia política, economica e militar para a Federação Russa?
    3 - Qual o interesse da Rússia nas ilhas Kurillas, sendo que seu território já é tão vasto?
    4 - Há programas em andamento na atualidade para reassentamento e distribuição de terras para cidadãos russos que esteja,m dispostos a se estabelecer em uma região de população esparsa?
    Bom por hora é isso, meu nobre!

    Abraço e пока!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá meu caro Kleber!

      Muito obrigado por todas as considerações. Sim, eu também já li, em mais de uma fonte, que logo vai ficar quase impossível conservar esse território tão vasto com a população em franco declínio. Acredito que a (falta de) política pública de apoio às pessoas que querem ter filhos é o maior responsável por essa baixa natalidade. Mas sim, isso é para um outro momento.
      Quanto às perguntas, vamos lá:

      1 - Segundo eu sei, esse pedaço de terra hoje conhecido por Kaliningrado foi tomado pela União Soviética ao final da Segunda Guerra da Alemanha (região de Danzig). Com a queda da URSS, os países Bálticos ficaram independentes, mas esse pedaço de terra nunca pertenceu a eles, mas sim a Rússia. Então, acabou ficando esse exclave. Algo semelhante acontece com a região de Cabinda, que fica separada do restante da Angola.
      2 - Bom, ela é considerada uma região bem bonita e com arquitetura totalmente alemã (já que era território alemão antes) e, se entendi bem, ele não tem uma importância muito maior que outras regiões russas que estão ligadas dentro do território. É apenas um território russo separado do resto do país, mas ainda Rússia.
      3 - A questão das Kurilas é, em parte, como a reinvidicação argentina sobre as ilhas Falkland (Malvinas) junto ao governo britânico. É algo que acontece desde sempre e nenhum dos dois lados está disposto a ceder. Mas, na verdade, acredito que ninguém queira abrir mão da região porque ela é rica em petróleo.
      4 - Às vezes saem alguns rumores e às vezes até planos para reassentamento, mas as condições normalmente não são tão vantajosas para quem é de longe do local do plano. Vi sobre um programa de distribuição de terra no Primorsky Kray (extremo oriente, já no mar do Japão) que começará em maio e que é razoavelmente bom para quem é da região, mas para alguém de outro lugar é quase inviável, por conta dos custos. Não entrarei em maiores detalhes por falta de conhecimento, mas basicamente você tem que instalar tudo por sua conta (água, eletricidade, aquecimento, abrir estradas etc.). Você tem 5 anos para fazer tudo isso. Se fizer tudo isso, o terreno é seu. Se não fizer tudo isso, o governo pega de volta o terreno e tudo que você fez (ou não fez) nele. E, se prover toda essa infra-estrutura é bastante caro para quem é da região, para alguém de outro lugar, é praticamente inviável. Então, se o governo não melhorar bastante suas condições, tanto de famílias para ter mais crianças, como essas regras dessa reforma agrária, vai ser difícil alguém deixar seu lugar e se embrenhar no meio do nada.

      Obrigado pelos comentários de sempre.

      Пока!

      Excluir

Antes de comentar, é preciso saber que existem algumas regras por aqui:
1 - os comentários sempre são moderados. Se escrever uma vez e parecer que deu erro, não deu não.
2 - se for perguntar algo, verifique se sua pergunta tem a ver com a postagem onde vai comentar. Se não tiver, o comentário será ignorado.
3 - se pensa em pedir alguma ajuda para imigrar para a Rússia (quase todos os dias recebo esse tipo de mensagem), nem perca seu tempo.
4 - seja educado. Afinal de contas, dizer "olá" e "obrigado" não custa nada.
5 - quer dar alguma sugestão para postagem? Inscreva-se no blog primeiro. Assim os dois se ajudam.

Se conseguir observar tudo isso acima (e não é difícil, convenhamos), seu comentário é muito bem-vindo.